sábado, 17 de setembro de 2011

FUNDAÇÃO DA CIDADE DE CANGUARETAMA

 
FUNDAÇÃO DE CANGUARETAMA
Canguaretama é uma palavra de origem tupi-guarani. Segundo Câmara Cascudo
(historiador), o vocábulo é formado por CAA(que significa MATA) GUA(significa VALE)e,
RETAMA(que significa abundância). Desta Forma, tem-se uma tradução aproximada para
VALE DAS GRANDES  MATAS.
A cidade de Canguaretama teve sua sede primitiva em VILA FLOR, onde o padre André do Sacramento fundou a ALDEIA DE CRAMÁCIO, no ano de 1743, objetivando civilizar e evangelizar os índios que ali habitavam.
Em 1858, a sede administrativa transferiu-se para a povoação de URUÁ, também  conhecida como SACO DO URUÁ, onde moravam negros e índios. Essa transferência  ocorreu devido a um desentendimento entre Sebastião Policarpo de oliveira, que era proprietário do Engenho Juncal e  militava pelo partido Liberal e o padre José Matos e Silva que militava pelo partido Conservador.
A povoação do URUÁ,  passou a chamar-se PENHA, em 1860, por sugestão do Frei Serafim de Catânia. A partir de então, a povoação ficou com dupla  denominação, até que o governo reservou o nome CANGUARETAMA á denominação  civil. Porém, os religiosos continuaram com a denominação de PENHA.
A elevação á categoria de cidade (município),deu-se a 16 de abril de 1885, através da Lei nº955,de autoria do deputado provinciado  Francisco Gomes da Rocha Fagundes

Antiga Ruinas da Capela de Nossa Senhora das Candeias.

Ruinas da Capela de Nossa Senhora das Candeias,Engenho Cunhaú.

Site e Blogs Colaboradores